O que a natureza pode nos ensinar sobre viver com vulnerabilidade, força e elegância durante esses tempos desafiadores?

No livro Emergent Strategy. de Adrienne Maree Brown, Naima Penniman reflete sobre a força descentralizada dos carvalhos: “Em meio ao chicotear do vento e o levantar das águas, o carvalho se mantém firme no chão. Como? Ao invés de cavar raízes profundas e solitárias na terra, o carvalho expande suas raízes na horizontal e se cruza com as raízes de outros carvalhos nos arredores.”

É natural sentirmos solidão e medo quando tempestades vêm ao nosso encontro. Mas a natureza, em todas as suas formas e estágios, nos mostra sucessivamente que a resiliência vem de se adaptar, colaborar e se apoiar nos sistemas de suporte ao nosso redor. Ao se afastar da ideia de que temos que ser fortes por conta própria, abrimos possibilidades nas nossas vidas e construímos nossa resiliência coletiva.

Seja presencialmente ou à distância, encontre as redes com as quais você pode se entrelaçar e finque-se nelas. Apoie-se naqueles galhos de sustentação e segure-se firme. Sobreviver e prosperar em tempos difíceis nos requer união, mesmo quando distantes.

Nosso capítulo de Salt Lake City escolheu a exploração desse mês sobre a Natureza e David Habben ilustrou o tema, que é apresentado globalmente pelo WordPress.com